Atualmente há inúmeras técnicas aliadas ao marketing digital para promover no ambiente online uma marca, produto ou serviço e dentre eles, o que mais resulta em contatos e conversões de vendas é estar entre os primeiros resultados do Google e outros buscadores.

De forma geral, há duas formas de marcar presença na primeira página do Google, o maior gerador de cliques da internet com quase 90 bilhões de buscas mensalmente: por links patrocinados (Google Ads) e por meio do resultado orgânico.

Como colocar seu site no Google?

Como o próprio nome sugere, o link patrocinado consiste em investir quantias em palavras-chaves que o usuário poderá pesquisar para que apareça o link do site. Funciona assim: por meio da ferramenta Google Ads é configurado o anúncio de acordo com o público-alvo pretendido e a palavra-chave escolhida. É feito um leilão virtual para decidir o valor atribuído à palavra que será descontada toda vez que o link for acessado, conhecido como sistema PPC – Pague por Clique.

Já a busca orgânica funciona de forma completamente diferente. Não há qualquer patrocínio quanto a palavra-chave atribuída ao conteúdo do site, este aparece nas primeiras páginas de busca por relevância. Funciona da seguinte forma: os motores de buscas do Google, Bing, Yahoo e outros buscadores realizam uma análise de acordo com alguns parâmetros já pré-indicados em todo o conteúdo indexado ao site (Autoridade e Relevância). Com isso, é feito um ranking de acordo com a relevância que esses sites possuem relacionado a palavra-chave que o usuário digita na busca.

O posicionamento de um site quando conseguido por meio orgânico ‘normalmente é duradouro’, pois este é relevante ao assunto que consiste na palavra-chave. Diferente do anúncio do link patrocinado que pode durar apenas dias ou até horas, dependendo da concorrência atribuída e valor investido.

Como tornar o site relevante?

É por meio das técnicas SEO (Search Engine Optimization) que o site estará de acordo com os parâmetros e especificidades exigidas pelos motores de busca do Google e de outros buscadores. Será por meio do SEO que tanto o desenvolvimento, indexação de páginas e conteúdo produzido do site estarão preparados para serem relevantes as buscas.

Um site preparado para a busca orgânica deve seguir os passos de reestruturação, com inclusão de páginas que serão indexadas com o conteúdo das palavras-chaves que deverão ser escolhidas previamente de acordo com o segmento de atuação da empresa. Depois, o site deve ser parametrizado com os indicadores do Google e outros buscadores, claro, isso de forma resumida.

Assim, de forma gradual e com atualizações constantes, o site irá aparecer de forma orgânica nas buscas chegando podendo chegar à primeira página.

Ficou Interessado? Solicite um Orçamento