Conheça os 6 tipos de gestão de tráfego e saiba sobre os benefícios dessa estratégia

Quando você pensa em investimentos na internet para aumentar as vendas e ter mais acesso ao consumidor, logo você pensa em como acompanhar esses esse trabalho. Por isso, hoje, vamos falar de gestão de tráfego, uma das estratégias mais importantes na hora de mensurar se a sua estratégia está dando certo.

Para que você já comece o artigo entendendo um pouco sobre o que vai encontrar por aqui hoje: tráfego nada mais é do que o fluxo de pessoas que estão acessando as páginas dos seus canais digitais, como por exemplo seu site,  redes sociais, canal do Youtube e e-commerce.

E para que consiga ter bons resultados na internet, é essencial que a sua empresa invista em uma boa estratégia. Assim,  você terá um ótimo fluxo de visitantes e consequentemente a empresa terá um melhor posicionamento e visibilidade da marca.

Mas como saber qual é a melhor estratégia para garantir esse alto fluxo de visitantes? Pensando nisso, criamos um conteúdo completo, para que você entenda exatamente o que é um gestor de tráfego e como essa estratégia pode ser fundamental para que a sua empresa alcance resultados diferenciados.

Para começar, entenda melhor o que é gestão de tráfego

Como já mencionamos, a gestão de tráfego consiste em uma estratégia que auxilia na atração de mais usuários nos seus canais digitais, como site e redes sociais. Mas, o trabalho não é tão simples como parece.

A gestão de tráfego consiste em segmentar o público da empresa (é fundamental focar o trabalho em um público que esteja interessado nos produtos ou serviços da marca), analisar as métricas para que a equipe consiga gerenciar os visitantes que o seu site e redes sociais estão recebendo, entre outros detalhes.

Pense no seguinte: de nada adianta você ter centenas ou milhares de visitas nos seus canais se você não consegue saber se esses acesso estão sendo qualificados para que você transforme em vendas de serviços ou produtos.

Por isso, citamos que a gestão de tráfego é essencial para que você consiga ter acessos de qualidade e aumente o fluxo de visitantes do seu site e redes sociais com mais chances de vendas. O objetivo da estratégia, na sua essência, é converter visitantes em leads, ou seja, em potenciais clientes.

Agora, que você entendeu na sua essência o que é a gestão de tráfego e qual o objetivo da estratégia, conheça os tipos de gestão de tráfegos.

Existem 6 tipos de gestão de tráfegos

Na hora de realizar uma gestão de tráfego, você deve considerar 6 tipos de gestão. Isso quer dizer que cada modalidade de gestão é um caminho que o usuário vai seguir até chegar no seu site ou outro canal que a sua empresa considera como principal fonte de informações e vendas.

Há dois tipos de tráfego, que são muito importantes na hora de fazer uma gestão, considerados os principais: o tráfego pago e o tráfego orgânico. Porém, há outros 4 que são muito importantes na hora de investir em uma estratégia, sendo eles: o social, direto, de e-mail marketing e o de referência.

Quer conhecer mais sobre cada tipo de tráfego? Então, vamos lá!

Tráfego pago

Nesse tipo de tráfego, podemos incluir os anúncios pagos do Google, Facebook e Instagram. Investindo nesse tipo de ação, sua empresa terá como consequência o aumento de visitantes nas páginas da empresa. É uma das estratégias mais utilizadas atualmente para que a página tenha visibilidade de forma rápida. 

Apostando nesse tipo de ação a empresa consegue definir um orçamento fixo ou variável para investir em campanhas de anúncio e também definir qual o público deseja alcançar, seja por idade, loclaização, sexo ou interesses.

Tráfego orgânico

O tráfego orgânico consiste em trazer visitantes para os canais digitais da empresa sem ter que pagar por isso. Por exemplo: na busca orgânica do Google, o tráfego vem dos mecanismos de buscas do próprio buscador.

Como mencionamos, o tipo de tráfego é gratuito porém a estratégia envolve custos. Lembre-se que o investimento em profissionais da área é extremamente necessário para que a sua empresa alcance bons resultados.

Tráfego de referência

No caso do tráfego de referência, o usuário consegue encontrar e acessar sua página por meio de algum outro site que cita um conteúdo da sua empresa.

Tráfego Social

Já no tráfego social, os acessos acontecem pelas redes sociais. Por exemplo, quando um consumidor ou usuário compartilha um conteúdo publicado pela sua empresa e uma pessoa que não conhece sua marca acaba acessando o conteúdo.

Tráfego Direto

Talvez esse seja o maior objetivo de qualquer equipe de marketing digital de uma empresa. O tráfego direto consiste em um usuário digitar o domínio do site da empresa diretamente no guia de navegação. Ele pode até mesmo ser considerado um tipo de tráfego orgânico, já que não há um custo.

Tráfego de e-mail marketing

É uma opção para obter tráfego, é por meio de um e-mail marketing. Por exemplo: quando você envia um e-mail marketing para um usuário que já tem interesse no seu conteúdo, é uma forma de tráfego.

E quais os benefícios de investir em uma gestão de tráfego

Primeiro: sua empresa se torna uma referência no segmento

Melhorando a visibilidade da sua marca nas redes sociais, por meio de melhor posicionamento no Google e demonstrando ter autoridade no assunto tratado, em um tempo considerado de médio a longo prazo, sua marca conquistará mais pessoas interessadas em conhecer sua empresa. 

E ao se tornar uma referência no segmento o consumidor terá mais confiança em consumir e indicar seus produtos e serviços.

Entregue seu conteúdo para quem se interessa pela sua marca

Quando há uma boa gestão de tráfego os anúncios são entregues para consumidores que estão realmente interessados no conteúdo produzido pela sua empresa e também por aquilo que você está vendendo. A chance desse usuário se tornar um cliente é muito grande!

E por consequência: você vai aumentar suas vendas! 

Você já ouviu falar que quem não é visto não é lembrado? Pois é, assim como esse ditado popular faz todo sentido, também é óbvio que quando o usuário encontra sua marca em diversos canais digitais você começa a ter mais chances de ter mais visitantes e de vendas.